77 9 9992-3542 / 9 9997-0777 redacao@brumadoagora.com.br 23 de Janeiro de 2017
voltar ao topo

Brumado Agora

Café com o Brumado Agora entrevista a jornalista Janine Andrade

Sábado, 02.Nov.2013 | 18h44



A entrevistada de hoje do Café com o Brumado Agora nasceu no dia 23 de fevereiro de 1986, em Brumado. Pisciana, a Jornalista Janine Andrade sempre foi uma amante dos livros e da escrita. A filha de Valdemir Santana da Silva e Marinalva de Andrade Silva, como muitos brumadenses, deixou a Capital do Minério em busca do ensino superior e em 2009 concluiu a graduação em Comunicação Social/Jornalismo, trazendo ainda na bagagem a formação em Técnica em Informática. Hoje, a jornalista faz parte do Departamento de Jornalismo do site Brumado Agora e conta um pouco da sua história. Confira.

 


 

Café com o Brumado Agora - Conte-nos um pouco sobre sua infância.


Janine Andrade - Sou brumadense, mas até os  6 anos de idade residi na cidade de Licínio de Almeida, porque meu pai, que é maquinista, na época foi transferido para aquela cidade, trabalhando na empresa REFFSA – Rede Ferroviária Federal S. A  (Atual FCA). Em Licínio de Almeida iniciei os estudos na Escola Pingo de Gente, que na época era particular, e hoje foi municipalizada. Inclusive, esta escola , segundo os resultados do IDEB divulgados pelo Ministério da Educação, em 2012, foi a que conseguiu as maiores notas e no Ensino Fundamental I obteve a 6,9, sendo a maior da Bahia. Já no Ensino Fundamental II ficou com, 3, nota que a colocou entre as oito melhores do Estado. Muitos dos amigos de infância daquela cidade eram os filhos dos colegas de trabalho do meu pai, maioria destes viram para Brumado com a nova transferência de ferroviários.


Café com o Brumado Agora – Quando passou a morar em Brumado?


Janine AndradeEm 1991. Meus pais novamente vieram morar em Brumado. Passei então a estudar no Centro Educacional Monteiro Lobato, na unidade do Bairro das Flores, naquele período ainda não havia a da Aureliano de Carvalho. A minha primeira professora aqui foi a “Tia Lêda”, irmã de Nilvane e Maria Pires, diretoras da instituição. Não há como esquecê-la, marcou muito a minha infância por sua doçura, Na mesma escola fui aluna de Evanete “Tia Netty”, outra professora maravilhosa, e muito paciente, pela qual tenho uma grande estima e até hoje tenho contato. Ela era paciente até demais, pois eu não era fácil (risos), eu não era indisciplinada, sempre fui muito estudiosa e nunca deixei de cumprir minhas atividades, no entanto, conversava pelos cotovelos (risos). Estudei no Monteiro Lobato até 5ª Série e , depois disso, boa parte da minha turma foi estudar no Cmeas – Centro Municipal de Educação Agamenon Santana. Estudei nesta instituição todo o Ginásio. Fiz grandes amizades, e foi um período de grande aprendizagem, e quando descobri a paixão pelo vôlei. Depois disso, passei a estudar na “Cirandinha” Centro de Educação Maria Nilza Azevedo e Silva. Estudei neste colégio todo o ensino médio. Quero deixar registrado aqui os meus agradecimentos a professora Nifra (Português) que me ensinou grande parte do que sei hoje,  que apliquei na universidade e utilizo até hoje em minha profissão. Na Cirandinha continuei a jogar vôlei, com uma equipe formada por “Toinho”, um dos que ainda continuam a incentivar o esporte na cidade. Nossa equipe participou de muitas competições, inclusive fora de Brumado.



Café com o Brumado Agora – Quando decidiu que iria estudar Jornalismo?


Janine Andrade – Eu sempre gostei muito de ler e escrever. Além disso, tinha paixão por rádio e cheguei a apresentar um programa na extinta Nordeste FM. Apesar de saber que queria estudar Jornalismo, esta não foi a minha primeira opção. Inicialmente fiz prestei vestibular, e passei em 4º lugar, em Ed. Física na UNEB. Escolhi este curso porque gostava de esportes e “achava” que queria ser educadora. Desisti na hora da matrícula (risos). Depois tentei fonoaudiologia, em Salvador, novamente passei e não me inscrevi. Bem, depois fui em busca do que queria, me inscrevi em Comunicação Social/Jornalismo na UESB e ainda em Técnico em Informática no CEFET (atual IFBA). Passei nos dois e me mudei para Vitória da conquista no final de 2004. Então, comecei a estudar nas duas instituições. Por 2 anos não foi fácil, saia da UESB e ia direto para o CEFET. Deixei de participar de muitas integrações da universidade porque tinha que concluir projetos no CEFET e vice-versa, mas valeu a pena, em 2007, me tornei Técnica em Informática. Dois anos depois, em 22 de Agosto de 2009, conclui o curso de Comunicação Social/ Jornalismo, com nota máxima no meu projeto final que foi voltado para Educomunicação, numa experiência realizada com alunos do ensino básico.


Café com o Brumado Agora –  Quando começou a atuar como Jornalista?


Janine Andrade – Ainda cursando Jornalismo, apresentei, em substituição a outra jornalista, um programa de entrevistas na TV local, em Vitória da Conquista. Depois disso, ainda trabalhei no setor de relacionamento no Banco Bradesco , na mesma cidade. Naquele período começaram a surgir em Brumado os sites de notícias, e fui convidada por Kauê Souza, na época ainda era Achei Brumado , para fazer a redação das matérias. Então voltei a morar Brumado e passei a trabalhar como redatora daquele site. Tempos depois, fui contratada pelo Jornal do Sudoeste e lá trabalhei por mais alguns anos. Concluída esta etapa, passei a integrar a equipe de jornalismo do site Brumado Agora, do qual sou redatora.




Café com o Brumado Agora – Se sente realizada com sua profissão?


Janine Andrade - Sim, faço o que gosto e não há nada melhor que exercer uma atividade quando se gosta realmente do que faz. O jornalismo não é fácil, trabalhamos com muitos egos, interesses, mas o objetivo principal é informar, com seriedade e responsabilidade. É incontestável que o jornalismo presta um serviço de utilidade pública que beneficia toda a sociedade. Porém, o jornalismo vai muito além, a ponto de transformar a vida das pessoas. Quanto mais informação você tiver, maior serão suas possibilidades de evoluir, crescer e prosperar, e nesse aspecto, o jornalismo vem de encontro a essas expectativas.


Café com o Brumado Agora – Gostaria de destacar alguma passagem de sua vida que te trouxe muita alegria?


Janine Andrade - Espero ainda viver muitos anos para pontuar muitos momentos felizes (risos), mas até aqui, sem dúvidas foi o dia da minha formatura. Ver reunida minha família, meus melhores amigos, todos para comemorar comigo um sonho e uma vitória foi maravilhoso.




Café com o Brumado Agora - Alguma saudade?


Janine Andrade -  De quando a minha única preocupação era se minha mãe iria me dar o mais novo brinquedo lançamento da estrela (risos). Sim, minha infância. Das amizades sinceras, das brincadeiras na porta de casa, do carrossel do Monteiro Lobato que girávamos com muita velocidade e sempre éramos punidos por brincar da forma incorreta (risos). Sinto até falta dos apelidos de criança, sempre fui alta e muito magrela, então meu colegas me chamavam de Professor Girafales, perna de pau, vara de tirar cacau, Visconde de Sabugosa e tudo mais que vocês possam imaginar como referência para pessoas altas e muito magras (risos).


Café com o Brumado Agora – Gostaria de deixar alguma mensagem?


Janine Andrade – Quero agradecer imensuravelmente os meus pais Marinalva e Valdemir pela referência e por me ensinarem a ser o Ser Humano que sou hoje. Sem eles eu não seria a profissional que sou . Quero ainda desejar a todos nós brumadenses paz neste tempo de guerra, segurança  e prosperidade.


Comentários

06.Nov.2013
Poliana Machado
Parabéns Jan! Você sempre foi determinada em alcançar seus objetivos, fico muito feliz pelo seu sucesso!Abraços!
03.Nov.2013
Genice
Parabéns Janine! Com muita força de vontade e entusiasmo hoje você está brilhando mais do que nunca. Eu a conheço desde quando era "pequenina" e acompanhei o companheirismo de seus pais com você e seus irmãos durante todos estes anos! Exemplo de amor e dedicação! O resultado está aí! Amo vocês! Parabéns a toda família! Sucesso sempre! Grande abraço! Genice
03.Nov.2013
Tânia
Gostaria de ver uma entrevista no Brumado Agora de uma figura muito popular e querida nessa cidade. D Helena de Oliveira Almeida moradora da Av Mestre Eufrásio n 11, fico no aguardo. Boa sorte e sucesso sempre!!
02.Nov.2013
gena santos
janine muito sucesso, sempre soube que seria uma sumidade da comunicação e uma das melhores vozes que eu já ouvir e toda rádio que eu passo, tenho sua voz como minha vinheta de programa......vc é um sucesso!!!! parabéns ao brumado agora por ter vc em sua redação

Brumado Agora últimas notícias