77 9 9992-3542 / 9 9997-0777 redacao@brumadoagora.com.br 26 de Maio de 2017
voltar ao topo

Brumado Agora

Resultado da busca pela categoria "saude"

Prefeito de Brumado vai a Brasília solicitar ampliação do número de vagas do Programa Mais Médicos para o Município

Terça, 23.Mai.2017 | 06h46




Prefeito de Brumado vai a Brasília solicitar ampliação do número de vagas do Programa Mais Médicos para o Município
Foto: Divulgação

Na última semana, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos esteve em Brasília, no Ministério da Saúde, em reunião com o Assessor Especial do Ministro da Saúde, Dr. Manoel Messias Boa Ventura de Novais. Na oportunidade, o gestor solicitou a ampliação do número de vagas do Programa Mais Médicos, do governo federal, para o município de Brumado. O prefeito falou sobre a dificuldade de encontrar médicos para trabalhar 40 horas/semanais nas unidades de saúde do município. Atualmente, a cidade conta com 16 Unidades Básicas de Saúde - UBS, mas nem todas possuem médicos. O déficit do profissional médico, segundo o gestor, tem sobrecarregado os atendimentos no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto. Com o objetivo de aumentar a oferta de médicos no Município e contornar o problema, oferecendo uma saúde ainda melhor para a população, o gestor fez a solicitação e aguarda um posicionamento do Ministério da Saúde, visto que o governo está fazendo uma redistribuição dos médicos participantes do programa. “Vamos ver se, pelo menos, conseguimos chegar a 5 ou 6 médicos para que tenhamos melhor atendimento nos postos de saúde, nas Unidades Básicas de Saúde e, consequentemente, não se sobrecarregue o Hospital Municipal”, destacou o prefeito.


Apenas 53% do público-alvo foram vacinados contra a gripe em todo o país

Por Agência Brasil
Quinta, 18.Mai.2017 | 17h59




Apenas 53% do público-alvo foram vacinados contra a gripe em todo o país
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

A pouco mais de uma semana do fim da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, dados do Ministério da Saúde mostram que, até ontem (17), apenas 28,7 milhões de brasileiros foram imunizados. O número representa 53% do público-alvo, formado por 54,2 milhões de pessoas consideradas mais vulneráveis para complicações da doença. A meta do governo é vacinar 90% desse grupo até o dia 26 de maio. De acordo com o ministério, é fundamental que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas durante o inverno, quando os diversos vírus da influenza começam a circular com maior intensidade. A vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada. Desde o dia 17 de abril, a dose está disponível nos postos de vacinação para crianças de 6 meses a menores de 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além de professores da rede pública e particular. Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e pessoas com deficiências específicas devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.


Maconha foi incluída na lista brasileira de plantas medicinais da Anvisa

Quarta, 17.Mai.2017 | 16h29




Maconha foi incluída na lista brasileira de plantas medicinais da Anvisa
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

Foi publicado no último dia 08 de maio, no Diário Oficial da União, que a Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha, foi incluída na lista brasileira de plantas medicinais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).  A mudança abre caminho para que possa integrar a farmacopeia brasileira (publicação que detalha como sua fabricação deve ser feita) e para que fabricantes peçam registro de medicamentos que levam a substância em sua composição, em um segundo momento. No entanto, nada muda em relação à legislação brasileira sobre o cultivo e o consumo. A inclusão não altera regras para importação de medicamentos com canabidiol ou outros extratos da maconha e não autoriza o uso imediato da Cannabis como planta medicinal. A planta entra agora na lista de interesse da indústria farmacêutica.


Rastreamento do Câncer de Mama começa em Tanque Novo

Quarta, 17.Mai.2017 | 08h29




Rastreamento do Câncer de Mama começa em Tanque Novo
Foto: Divulgação

Começa nesta sexta-feira (19 de maio), no município de Tanque Novo, o Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama. Serão disponibilizadas mamografias para mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos. A unidade estará na Praça Bento Carneiro (Praça da Biblioteca), até o dia 26 de maio. Para serem atendidas, as mulheres devem levar o RG, Cartão do SUS e comprovante de residência. O atendimento começa às 7 da manhã, prosseguindo até 18h. O Saúde sem Fronteiras é um programa da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) que tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento. Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia na região de residência das pacientes. Este programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.


Governo declara fim de emergência nacional pelo vírus Zika

Por Agência Brasil
Quinta, 11.Mai.2017 | 15h28




Governo declara fim de emergência nacional pelo vírus Zika

O Ministério da Saúde declarou hoje (11) o fim da emergência nacional decretada em novembro de 2015 devido ao vírus Zika e sua associação com microcefalia e consequências neurológicas. Segundo a Pasta, o Brasil não preenche mais os requisitos exigidos para manter o estado de emergência, segundo os critérios da Organização Mundial da Saúde (OMS). Ou seja, os casos não são mais incomuns ou inesperados. “Já há conhecimento científico suficiente”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Adeilson Loureiro. “A própria mobilização do ponto de vista de pesquisa, de insumos e de recursos foi suficiente. Os estudos continuam, e vamos prosseguir na rotina de combate às arboviroses”, afirmou. A decisão ocorre 18 meses depois da decretação de emergência, segundo o ministério, em um momento de queda nos casos de Zika e microcefalia em todo o país. Até 15 de abril deste ano, foram registrados 7.911 casos de Zika, uma redução de 95,3% em relação à 2016, quando ocorreram 170.535 notificações. Segundo o ministério, os dados de microcefalia têm apresentado redução importante no número de casos novos notificados a cada semana, desde maio de 2016. Os casos novos mensais têm se mantido em 2%, desde janeiro deste ano; no pico dos casos de microcefalia, em dezembro de 2015, foi registrado aumento de 135% nas notificações.


Brasil: Gravidez na adolescência tem queda de 17%

Quinta, 11.Mai.2017 | 08h13




Brasil: Gravidez na adolescência tem queda de 17%
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

A gravidez na adolescência registrou queda de 17% no Brasil, segundo dados preliminares do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (Sinasc) divulgados na quarta-feira (10) pelo Ministério da Saúde. Em números absolutos, a redução foi de 661.290 nascidos vivos de mães entre 10 e 19 anos em 2004 para 546.529 em 2015. Segundo o ministério, a queda no número de adolescentes grávidas está relacionada a vários fatores como expansão do programa Saúde da Família, que aproxima os adolescentes dos profissionais de saúde, mais acesso a métodos contraceptivos e ao programa Saúde na Escola que oferece informação de educação em saúde. As crianças nascidas de mães adolescentes representaram 18% dos 3 milhões de nascidos vivos no país em 2015. A região com mais filhos de mães adolescentes é a Nordeste (180.072 – 32%), seguida da Região Sudeste (179.213 – 32%). A Região Norte vem em terceiro lugar com 81.427 (14%) nascidos vivos de mães entre 10 e 19 anos, seguida  da Região Sul (62.475 – 11%) e da Centro-Oeste (43.342 – 8%).


Brumado: Atendimentos de média complexidade poderão ser realizados no HMPMN até construção da policlínica

Por Janine Andrade
Sexta, 05.Mai.2017 | 16h58




Brumado: Atendimentos de média complexidade poderão ser realizados no HMPMN até construção da policlínica
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

Em reunião com prefeitos e secretários de saúde da região de Brumado, realizada no dia 26 de abril, o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas falou sobre os detalhes da implantação do Consórcio Público de Saúde. De acordo com o secretário, entre outras medidas, investirá nos atendimentos de média complexidade, para que estes sejam oferecidos na estrutura do Hospital Municipal Professor Magalhães Neto (HMPMN), em Brumado, até que sejam levantados recursos para a construção da policlínica regional no município."O estado financia uma parte e a outra os municípios consorciados fazem um rateio de acordo com a população", explicou o Vilas-Boas.


Aracatu: dia 'D' de vacinação contra a gripe será no dia 13 de maio

Por Janine Andrade
Sexta, 05.Mai.2017 | 14h57




Aracatu: dia 'D' de vacinação contra a gripe será no dia 13 de maio
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

A Secretaria Municipal de Saúde de Aracatu comunica a toda população aracatuense que no dia 13 de maio  será o dia “D” de vacinação contra a Gripe. O público-alvo da campanha serão crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde;  gestantes; mulheres até 45 dias após o parto, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e professores; Os pontos de vacinação serão: Centro de Saúde e Escola Vital no Bairro São Félix, e estarão funcionando das 8:00h às 17:00. Não se esqueça de levar o cartão de vacina.


Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama chega em Guanambi, Candiba,Caculé e Ibiassucê

Sexta, 05.Mai.2017 | 11h00




Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama chega em Guanambi, Candiba,Caculé e Ibiassucê
Foto: Divulgação | Sesab

A população feminina de 50 a 69 anos dos municípios de Guanambi, Candiba, Caculé e Ibiassucê começa a ser atendida a partir desta segunda-feira, 8 de maio, pelo programa itinerante Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama. Com o compromisso de ampliar e descentralizar o acesso a serviços de saúde em toda a Bahia, o programa vai atender a uma parte das mulheres que ainda não teve a oportunidade de realizar uma mamografia, exame que diagnostica precocemente casos de câncer de mama. O atendimento é feito em unidades móveis, totalmente equipadas para dar todo o conforto necessário para as mulheres. O Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama, programa da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento. Em Guanambi, o atendimento começa no dia 8 e prossegue até o dia 24. A unidade móvel estará estacionada na Praça Henrique Pereira Nonato, nº 90 (Pátio da Prefeitura). Em Caculé, o atendimento vai até o dia 18, para 1.497 mulheres. A unidade móvel estará estacionada na Praça Coração de Jesus, nº 191 - Centro (em frente à Secretaria da Saúde). Em Candiba, serão 878 mulheres para realizar o exame de mamografia. A unidade móvel estará estacionada na Praça Otílio Teixeira (Praça do Mercado), mais conhecida como a Praça de Eventos, até o dia 13. Já em Ibiassucê, o atendimento será feito até o dia 11. Serão 638 mulheres e a unidade móvel ficará na Avenida Ana Rebouças Prates, USF Pedrinhas (Fundo do Parque de Exposições). Para ser atendida, a mulher, dentro da faixa etária de 50 a 69 anos, deve comparecer ao local, a partir das 7h, levando um documento de identidade, o Cartão do SUS e um comprovante de endereço. Os exames serão realizados diariamente até as 18h.


Hoje, 2 de maio, comemora-se o Dia Mundial de Combate à Asma

Terça, 02.Mai.2017 | 12h44




Hoje, 2 de maio, comemora-se o Dia Mundial de Combate à Asma
Foto: Reprodução

No dia 2 de maio se comemora o Dia Mundial de Combate à Asma, uma doença inflamatória crônica das vias aéreas.  A asma caracteriza-se por um processo que afeta todo o organismo e não somente as vias aéreas inferiores, que aumentam a produção de secreções e prejudicam a passagem de ar. O asmático tem tosse freqüente, prolongada, geralmente durante a noite, nem sempre com catarro; chiado, cansaço, opressão no peito com dificuldade para respirar. Esses sintomas podem aparecer juntos ou ocorrer isoladamente. A existência de tosse crônica ou a falta de ar ao praticar exercícios físicos podem ser sintomas de asma. O Dia Mundial de Combate à Asma foi criado pela Iniciativa Global contra a Asma (GINA), para chamar a atenção de médicos, pacientes, familiares e de toda a sociedade, que devem unir esforços para melhorar o diagnóstico, tratamento e controle da doença. Ele é lembrado em várias partes do mundo com atividades em escolas, hospitais, e locais públicos. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 300 milhões de pessoas sofrem de asma.  No Brasil, o Ministério da Saúde indica que 10% da população é asmática e o mal é responsável por 400 mil internações hospitalares. Em Salvador, a asma possui uma taxa de prevalência bastante elevada, atingindo 24% das crianças. A asma é a doença crônica que afeta crianças e adultos de qualquer idade. Ela se caracteriza por sintomas respiratórios recorrentes, tais como tosse, falta de ar e chiado no peito. 


Sesab alerta para a vacinação contra a Gripe

Segunda, 24.Abr.2017 | 10h28




Sesab alerta para a vacinação contra a Gripe
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) lembra à população que está em andamento a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. A campanha, que começou no dia 17, deve imunizar este ano 3,6 milhões de pessoas na Bahia. O público alvo são os idosos a partir de 60 anos, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas sócioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. A campanha prossegue até o dia 26 de maio e no dia 13 teremos o Dia D de Vacinação. Neste dia, teremos 3.600 serviços de saúde e postos de vacinação em todo o estado.


Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira (17)

Segunda, 17.Abr.2017 | 09h00




Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira (17)
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

A vacinação contra a gripe é uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e suas complicações. Para que isso aconteça, começa nesta segunda-feira (17) a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, com encerramento previsto para 26 de maio, mês Dia de Mobilização Nacional (13), mais conhecido como Dia D. A meta é vacinar 90% do público alvo, que seria de 3,2 milhões de pessoas. O público alvo da campanha são os idosos a partir de 60 anos, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas sócioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.


Vacinação contra a gripe começa na próxima segunda-feira

Quinta, 13.Abr.2017 | 10h37




Vacinação contra a gripe começa na próxima segunda-feira
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

A vacinação contra a gripe é uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e suas complicações. Para que isso aconteça, começa nesta segunda-feira (17) a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, com encerramento previsto para 26 de maio, mês Dia de Mobilização Nacional (13), mais conhecido como Dia D. A meta é vacinar 90% do público alvo, que seria de 3,2 milhões de pessoas. O público alvo da campanha são os idosos a partir de 60 anos, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas sócioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.


Sesab confirma dose única para vacinação contra febre amarela

Terça, 11.Abr.2017 | 14h58




Sesab confirma dose única para vacinação contra febre amarela
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

Atendendo determinação do Ministério da Saúde, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) passa a indicar dose única para a vacinação contra a febre amarela nas áreas com recomendação de vacinação na Bahia, a partir de abril.  A recomendação do Ministério da Saúde atende à orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS). A partir de agora, a dose de reforço não é mais recomendada, por se considerar que a imunidade protetora se desenvolve dentro de 30 dias para 99% das pessoas que recebem apenas uma dose da vacina contra a febre amarela. A população alvo a ser vacinada são as crianças de 9 meses até as pessoas com 59 anos, tendo como meta a ser atingida 95% nas áreas de recomendação vacinal e também nas temporárias. A recomendação para pessoas acima de 60 anos é de que apenas se vacinem se residirem ou forem se deslocar para áreas com transmissão ativa da febre amarela. É necessário que o serviço de saúde faça uma avaliação, perguntando se a pessoa não se enquadra nas contraindicações. Pessoas que fazem tratamentos médicos e estão com a imunidade baixa não podem receber a vacina, por ser de vírus vivo. Gestantes (em qualquer período gestacional) e mulheres em fase de amamentação somente deverão ser vacinadas se residirem em local próximo onde ocorreu a confirmação de circulação de vírus (epizootias, casos humanos). Com relação às mulheres que estão amamentando, ao serem vacinadas, devem suspender a amamentação por 10 dias após a vacinação. Esse período também foi alterado de 30 para 10 dias. Nesses casos, a mulher deve conversar com o serviço de saúde para orientação e acompanhamento. 


Brumado: USF Dr. Paulo Vargas realiza atividades voltadas à saúde do homem

Sexta, 07.Abr.2017 | 10h27




Brumado: USF Dr. Paulo Vargas realiza atividades voltadas à saúde do homem
Foto: Divulgação | PMB

Na tarde desta quinta-feira (6), a Unidade de Saúde da Família - USF Dr. Paulo Vargas, localizada no Bairro Dr. Juracy, realizou uma atividade voltada à saúde dos homens. Participou do encontro um grupo formado por quatro homens com idades entre 50 e 80 anos. O médico clínico Guilherme Arouca conduziu uma palestra sobre câncer de próstata, orientando os presentes quanto à prevenção, sintomas, detecção precoce, diagnóstico e tratamento, bem como tirou dúvidas dos participantes. O câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens no país (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais incidente. Na oportunidade, a fisioterapeuta do Núcleo de Apoio à Saúde da Família - Nasf, Lidiane Viana, também promoveu com os participantes um momento de atividades de reeducação do assoalho pélvico com o objetivo de prevenir a incontinência urinária.


Gestores da região de Brumado discutem formação de consórcio

Sexta, 31.Mar.2017 | 14h27




Gestores da região de Brumado discutem formação de consórcio
Foto: Divulgação

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, recebeu, no último dia 22 de março, prefeitos e secretários municipais de saúde da região de Brumado para discutirem a formação de um consórcio público de saúde. O encontro foi realizado na sede da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), no Centro Administrativo, em Salvador. Em sua exposição, Fábio Vilas-Boas explicou que com a conformação, o estado destinará 40% recursos necessários para o custeio dos serviços ofertados pelo consórcio para a população. "O Estado financia uma parte e a outra os municípios consorciados fazem um rateio de acordo com a população", disse o Secretário. Ele falou que a proposta inicial é que os atendimentos de média complexidade sejam oferecidos na estrutura do Hospital Municipal de Brumado, até que sejam levantados recursos para a construção de uma policlínica. De acordo com o Secretário, além de serviços de média complexidade, os de alta complexidade, a exemplo de internação em UTI, também podem ser geridos pelo consórcio que venha a ser formado. "Um destaque nesta iniciativa é a cooperação entre prefeituras e o governo estadual", destacou Fábio Vilas-Boas. Atualmente municípios das regiões de Feira de Santana, Teixeira de Freitas, Jequié, Irecê, Guanambi, Camaçari/Salvador, Santo Antônio de Jesus, Valença e Alagoinhas já formaram consórcios públicos de saúde.


Brumado: UBS Fernando Luiz Gonçalves Trindade promove mais um encontro do Grupo de Diabetes

Terça, 28.Mar.2017 | 08h31




Brumado: UBS Fernando Luiz Gonçalves Trindade promove mais um encontro do Grupo de Diabetes
Foto: Divulgação

A Unidade Básica de Saúde - UBS Fernando Luiz Gonçalves Trindade, localizada no Bairro Urbis I, realizou na manhã desta sexta-feira (24) mais um encontro do Grupo de Diabetes. O grupo foi conduzido pelo cirurgião-dentista Aparecido Leite e contou com a participação da enfermeira da unidade, de uma Auxiliar de Saúde Bucal - ASB e das agentes comunitárias de saúde. Na ocasião, foi abordado o tema saúde bucal, sendo discutidos diversos aspectos, como as doenças bucais mais prevalentes nos diabéticos, cuidados com higiene bucal e higiene de próteses dentárias. Durante o encontro, foram entregues escovas aos participantes e guias para confecção de prótese, serviço realizado no CEO (Centro de Especialidades Odontológicas). O próximo encontro será no dia 28 de abril.


Central de Regulação informa munícipes sobre apresentação de documentos obrigatórios

Terça, 28.Mar.2017 | 05h22




Central de Regulação informa munícipes sobre apresentação de documentos obrigatórios
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

A Secretaria Municipal de Saúde - SESAU, através da Central de Regulação e Marcação de Exames Ambulatoriais, informa aos munícipes que, a partir do dia 03 de abril de 2017, será obrigatória a apresentação de documentação específica para marcação de exames. Os documentos exigidos serão: Cartão do Sistema Único de Saúde - SUS, Cartão da Família, Comprovante de Residência e Documento de Identidade (RG) ou Certidão de Nascimento. Cabe salientar a importância da disponibilização de número de telefone para contato. A obrigatoriedade da apresentação dos documentos visa organizar a marcação e proporcionar o adequado acesso dos usuários às consultas e procedimentos ambulatoriais, garantindo a melhoria da qualidade dos serviços prestados no órgão.


Brumado: USF Dr. Newton Alves de Castro realiza atividade para tratamento de lombalgias

Sexta, 24.Mar.2017 | 10h27




Brumado: USF Dr. Newton Alves de Castro realiza atividade para tratamento de lombalgias
Foto: Divulgação

As lombalgias, definidas como dores na região lombar, ou seja, na região mais baixa da coluna, perto da bacia, atingiram níveis epidêmicos no país e no mundo, tendo a sua incidência aumentada durante a última metade do século XX. Frequentemente, o problema é postural, isto é, causado por uma má posição para sentar, deitar, abaixar ou carregar algum objeto pesado. Outras vezes, a lombalgia pode ser causada por inflamação, infecção, hérnia de disco, escorregamento de vértebra, artrose (processo degenerativo de uma articulação) e até problemas emocionais. Pensando nisso e por conta da quantidade de usuários que se queixam de dores lombares, a Unidade de Saúde da Família - USF Dr. Newton Alves de Castro preparou, na quinta-feira (23), uma sessão especial para tratamento de lombalgias. O grupo, composto por seis mulheres, foi orientado no período vespertino pela fisioterapeuta Lidiane Viana. Na oportunidade, foram debatidos casos clínicos, trocadas vivências e experiências, além de terem sido realizados exercícios e alongamentos para alívio do quadro de dores na região lombar.


Ministério da Saúde inicia a distribuição de testes rápidos de Zika vírus na Bahia

Quinta, 16.Mar.2017 | 16h00




Ministério da Saúde inicia a distribuição de testes rápidos de Zika vírus na Bahia
Foto: Divulgação

Hoje (16) tem início a distribuição de 307 mil testes rápidos para o diagnóstico de infecção por Zika Vírus na Bahia. Este é o primeiro lote enviado pelo Ministério da Saúde para o Estado e corresponde a mais de 50% do total previsto para o ano de 2017. A expectativa é que, em até 15 dias, o lote esteja disponível, prioritariamente, nas maternidades e laboratórios públicos de todas as regiões da Bahia. A tecnologia do teste rápido indica, em até 20 minutos, se o paciente está infectado ou se já teve contato com o vírus da Zika em algum momento da vida. “Com o dispositivo, é possível identificar infecção recente em populações de risco, como gestantes e recém-nascidos, para prover assistência e orientações adequadas, por meio do acompanhamento de toda a gravidez e do desenvolvimento neuropsicomotor da criança”, afirma o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. De acordo com dados da vigilância epidemiológica, em 2016 foram notificados mais de 57 mil casos de Zika na Bahia. Apenas até 21 de fevereiro deste ano, já foram registradas 469 notificações.


Apenas 239 municípios têm cobertura adequada contra o HPV

Por Agência Brasil
Quinta, 16.Mar.2017 | 10h56




Apenas 239 municípios têm cobertura adequada contra o HPV
Foto: José Cruz | Agência Brasil

Apenas 239 cidades, o equivante a 4% dos 5.570 municípios brasileiros, têm 80% ou mais das meninas de 9 a 14 anos com esquema vacinal do HPV completo, ou seja, que tomaram as duas doses necessárias para que fiquem imunes ao vírus. Os dados foram divulgados hoje (15) em entrevista coletiva conjunta dos ministérios da Saúde e Educação. Em números absolutos, isso significa que 5,5 milhões de meninas não estão completamente protegidas. Segundo o Minisério da Saúde, 92,4% das meninas tomaram a primeira dose e 55% a segunda, garantindo a imunização. Quando considerados os municípios, apenas 4% têm cobertura vacinal considerada adequada; 2.403 (43%) têm cobertura baixa, com 50% a 80% das meninas com o esquema completo; e 2.906 (52%) cobertura muito baixa, até 50% de meninas que tomaram as duas doses. "São 16 mil mulheres que têm câncer provocado por HPV, 5 mil mortes por ano por esses cânceres provocados por HPV. Portanto, a vacinação do HPV é fundamental para diminuir o impacto na saúde dos brasileiros", enfatizou o minsitro da Saúde, Ricardo Barros. De 2014 a 2016, 5,8 milhões de meninas de 9 a 14 anos foram imunizadas com as duas doses, o que equivale a 55% do total dessa faixa etária. A meta da pasta é chegar a 80%.


Odontomóvel atende esta semana em Rio de Contas

Terça, 14.Mar.2017 | 12h27




Odontomóvel atende esta semana em Rio de Contas
Foto: Divulgação

Começou na segunda-feira (13) no município de Rio de Contas o atendimento do Saúde sem Fronteiras Odontomóvel. Até sábado (18), a população riocontense contará com serviços de odontologia, realizados em unidade móvel equipada e onde poderão ser feitas restaurações, cirurgias de alta e baixa complexidade, tratamento de canal, colocação de coroa provisória, aplicação de flúor, exame radiológico, periodontia (tratamento de gengiva), entre outros. Enquanto aguardam, os pacientes são orientados sobre os cuidados com a saúde bucal. Para o atendimento, das 7 às 18h, as pessoas devem levar o Cartão do SUS, documento de identidade e comprovante de residência. A unidade móvel está estacionada na Praça da Matriz, no centro da cidade.


Estudantes descobrem que extrato da erva-cidreira pode matar larvas do Aedes aegypti

Quarta, 08.Mar.2017 | 14h00




Estudantes descobrem que extrato da erva-cidreira pode matar larvas do Aedes aegypti
Foto: Divulgação

Muito além das propriedades medicinais já conhecidas – como calmante, diurética e expectorante –, a erva-cidreira ganhou uma outra notoriedade pelas mãos das estudantes Júlia Fagundes e Sandy Marques, ambas com 17 anos. Ao cursarem o 3º ano no Colégio Estadual Rolando Laranjeira, no município de Santa Maria da Vitória, no oeste baiano, elas desenvolveram uma pesquisa em sala de aula e descobriram que a Lippia alba (erva-cidreira brasileira), existente em abundância na região, pode matar a larva do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Pelo alcance social, baixo custo e por não causar nenhum prejuízo à saúde, o projeto ‘A propriedade larvicida do óleo essencial da erva-cidreira brasileira’ foi selecionado para a 15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que acontece entre os dias 20 e 27 de março, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). Ao todo, seis projetos da rede estadual serão apresentados no evento, destacando as experiências desenvolvidas no âmbito do projeto Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. "Desenvolvemos uma pesquisa sobre plantas existentes em Santa Maria da Vitória, como a erva-cidreira, o manjericão e a arruda, e, através dos óleos essenciais retirados destas espécies, fizemos testes com as larvas do A. aegypti. Comprovando, por fim, que a folha da erva-cidreira contém propriedades larvicidas, promovendo assim meios mais naturais de combatê-las”, relata Júlia Fagundes. 


Cidades com febre amarela receberão recursos do Ministério da Saúde

Sexta, 17.Fev.2017 | 15h27




Cidades com febre amarela  receberão recursos do Ministério da Saúde
Foto: Reprodução | EPTV

A fim de ajudar  municípios de Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo a intensificar vacinação contra febre amarela, o Ministério da Saúde liberou o repasse de R$ 13.830.085,91.  Segundo a pasta, o recurso foi definido a partir da estimativa da população a ser vacinada em cada um dos 256 municípios que integram os referidos estados e estão com registros da doença. A medida, que já tinha sido anunciada pelo Ministério da Saúde no início do mês, foi publicada, nesta sexta-feira (17) no Diário Oficial da União.


Mitos e verdades sobre a vacina contra a febre amarela

Por Agência Brasil
Segunda, 13.Fev.2017 | 07h00




Mitos e verdades sobre a vacina contra a febre amarela
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

Desde o início do surto de febre amarela em cidades do interior do Espírito Santo, a procura pela vacina em postos de saúde este ano vem aumentando. Com a confirmação de casos da doença em pelo menos três estados, a corrida em busca da imunização tem provocado filas em diversos municípios. É importante destacar, entretanto, que nem todas as pessoas precisam receber uma nova dose – grávidas e idosos, por exemplo, estão entre os grupos onde há contraindicação. Desde o início do ano, o ministério tem enviado doses extras da vacina contra a febre amarela aos estados que registram casos suspeitos da doença, além de outros localizados na divisa com áreas que tenham notificado casos. No total, 9,9 milhões de doses extras foram enviadas para cinco estados: Minas Gerais (4,5 milhões), Espírito Santo (2,5 milhões), São Paulo (1,2 milhão), Bahia (900 mil) e Rio de Janeiro (850 mil). O quantitativo é um adicional às doses de rotina do Calendário Nacional de Vacinação, enviadas mensalmente aos estados. Até a última sexta-feira (10), foram confirmados 230, casos de febre amarela. Dos 1.170 casos registrados como suspeitos, 847 permanecem em investigação e 93 foram descartados. Entre os 186 óbitos notificados, 79 foram confirmados, 104 são investigados e três foram descartados. Os estados de Minas Gerais, do Espírito Santo, de São Paulo, da Bahia e do Tocantins continuam com casos investigados e/ou confirmados.


Brumado Agora últimas notícias